Publicado em

Akitvedanta abertura do portal

labiLilinha novamente no círculo de giz abre portal clamando justiça. Os sonhos são confusos mas quando se tornam reais tudo fica bem claro. O sonho que lhe atormenta a mente é a grande questão que se repete nesse sonhos ” o que acontece quando passado, presente e futuro se encontram? Lilinha não sabe a resposta mas deseja anotar seus sonhos para ver se mata essa charada tão perturbadora. É, no sonho talvez consiga resposta.

sufocarO primeiro sonho Lilinha não se recorda direito, já o segundo não consegue esquecê-lo, a imagem de flash na sua cabeça, um homem tampa sua boca parece sufocá-la, ela vê dois rosto não era o dela, duas jovens os flashes em sonho alternam entre o rosto dessas duas jovens, enquanto o homem asqueroso introjeta seu sêmen a força nelas, Lilinha grita as dores dessas duas mulheres e acorda com sua irmã lhe chamando, mas não consegue se mover  fica inerte por uns momentos, porém  não se desespera por estar imobilizada, espera recobrar seus movimentos, vira para o lado e pensa “foi só um pesadelo hoje ele não pode retornar, espero que não se realize que eu possa voltar a dormir e sonhar com os deuses novamente na paz divina que me reinar após o demônio ter ido embora não há o que temer”…E Lilinha dorme mesmo sentido seu coração acelerado.

O terceiro sonho, Lilinha parece voltar de seu trabalho, está feliz de repente vê de longe sua amiga vestida de cigana suja, e desleixada, Lilinha não pode acreditar, pensou que ela estava bem porque tinha se casado parecia estar feliz até onde se teve notícia. E agora a amiga estava naquela situação não conseguia entender então resolveu se aproximar entender o que acontecia, viu que a mãe de sua amiga estava perto também parecia a convencê-la a voltar para casa, mas a mãe de sua amiga ao ver Lilinha se encolhe de vergonha e corre do local deixando Lilinha a falar com o vento.

Lilinha então fica chateada com a atitude da mãe de sua amiga, mas segue em direção a ela, quando Lilinha se aproxima de sua amiga ela lhe agarra a sua mão, pede para ler sua mão cobrando umas  moedas,   Lilinha se repulsa fala ” larga minha mão você não me reconhece?”

ritualdasalamandra

– invocando que amiga lhe olhe nos olhos , nesse instante sua amiga surta começa amaldiçoar Lilinha, que percebe  que existe uma grande dor, era dor de traição, nesse instante percebe tudo que tinha acontecido, a traição do marido  arruinara sua amiga, por isso o retorno a sua verdadeira origem cigana em estado psicótico. Lilinha corre foge daquele olhar maligno, sente que sua amiga já se perdeu mesmo nessa loucura toda e em seus olhos aquilo não tinha desejo de volta, era um olhar cruel e frio esvaziado de si…

3220079Lilinha passa por dentro de uma garagem ao correr, porque o carro fecha a rua,  e fica presa na garagem, o cara do carro desce, ele era o mesmo do sonho anterior que a sufocara, Lilinha corre, se sente sem saída todos os lados fechado, Lilinha não desiste sabe que encontrará a saída, aquele cara não irá tocá-la,  nessa hora vê que a garagem se abre aos pouco, corre em direção a essa abertura, quando abre lá está o policial com o qual discutira dias atrás…ela o abraça mesmo sentindo que ele sente raiva, ele questiona o que lhe aconteceu, ela aponta o cara que a perseguia , o policial se enraivece contra o cara dizendo “seu bandido sujo não vai tocar nela ” e parte para cima dele o algemando, joga ele dentro da viatura aos socos e entrando no carro, olha Lilinha da janela e sorri dizendo ” ai está seus direitos humanos” pegando o celular de Lilinha que tomara do bandido devolvendo a Lilinha. Nesse instante, gritos invadem seu sonho, Lilinha acorda percebe que os gritos vem de sua rua, mas não consegue ir na janela os gritos iam se afastando e ela imóvel rendida pelo sono ao recobrar seus movimentos, virou para o lado e dormiu ao pensar “se for o bandido que tentou roubar meu celular que após aqueles gritos, que esteja morto aquele imbecil” .

Lilinha delirava confundido seu sonho com aquela realidade que já alcançara o silêncio que remetia um ar de morte, mas possuída pelo sono quem consegue levantar e saber a verdade das ruas. Virou de lado e dormiu feito uma princesa protegida por seu policial galã… Bem típico de contos de fadas que Lilinha detestava e tinha repúdio do final “e foram felizes para sempre”… Que enjoo isso a causava! Lilinha acordou se a justiça fora feita, é justo e fácil fechar o portal , difícil mesmo é definir o que é verdadeiro nos fatos, o que  é justo de verdade, enlouquecer diante os fatos ou aceitar que injustiça pode lhe parecer justa quando é você quem vivência os fatos… A dor e o medo é o predicado da ação que em tempo se movimenta mudando o justo e o vento…

 BALANÇO

 

 

Anúncios

Sobre Lilinha Overdose

Aqui posso ser tudo que sou, sem me preocupar com opiniões de conhecidos até pq não qro nenhum deles por aqui, to cansada de gente que só quer xeretar a vida dos outros para falar mal depois, aqui não preciso de nenhum curtir de amigos e sim escrever tudo que quero anonimamente. Lilinha Overdose é apenas overdose da minha vida essa vontade de morrer e viver ao mesmo tempo, não uso drogas a não ser chocolate, coca-cola e um cigarrinho de vez em quando para desestressar rsrsr.... Mas que a vida é uma droga viciante ela é, e a vontade de ter uma overdose dela a cada dia, isso não posso negar. Espero não falar com o computador sozinha muito tempo, a gente tem sempre esperança de que alguem leia nossas palavras e que não fique só entre eu essa tela ofuscante do notebook hehe. Meu nome não é nada que derive de Lilinha embora confesse que é um apelido de um namoradinho de infancia mas só ele me chamava assim não pegou muito naquela época então resolvi assumir essa nova "velha" identidade, porque meu apelido na net tá mto manjado e batido e deixo ele pra aqueles que em rede social chamamos de "amigos". Desejo nesse espaço ser antissocial como os conhecidos e amigos parente em fim porque os estranhos são muito mais interessante até se conhece-los de fato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s